Arquivos da categoria: Notícias

WhatsApp Image 2021-08-04 at 17.01.59(2)

Assembleia Geral e Eleição da RPPN Catarinense

A RPPN Catarinense realizou no dia 31 de julho, sua Assembleia Geral e Eleição para a gestão 2021/2023, na sede da RPPN Chácara Edith em Brusque/SC. Na ocasião também ocorreu a Inauguração do Centro de Interpretação da Natureza, nova sede da RPPN Chácara Edith, um amplo e lindo espaço com auditório, laboratório, biblioteca,  alojamento para pesquisadores, museu expositivo e salas para educação ambiental. Continue lendo

2

Polícia Ambiental e RPPN Caraguatá realizam operação de combate à caça ilegal

Polícia Ambiental e RPPN Caraguatá realizam operação de combate à caça ilegal

A Policia Ambiental sob o comando do Tenente Coronel Marledo Egídio Costa juntamente com a equipe da RPPN Caraguatá realizaram no último dia 16/07/2020 operação de combate a caça ilegal, foram realizadas incursões com caminhadas nas trilhas no interior da reserva e com policiamento montado a cavalo.

Também foi desempenhada patrulha motorizada em Bases de apoio no entorno da RPPN Caraguatá afim de coibir e identificar criminosos que rondam as estremas da unidade de conservação. A operação contou com 4 viaturas da Polícia Ambiental, 1 da RPPN Caraguatá e um contingente de 15 policiais.

O policiamento ambiental ostensivo é uma prática constante na RPPN Caraguatá sendo uma força voltada à proteção da natureza indispensável para a preservação.

A RPPN Caraguatá é um dos últimos e mais bem conservados remanescentes de Mata Atlântica do Estado de Santa Catarina, sendo a proteção da fauna silvestre um de seus principais objetivos de criação. A caça e a captura de animais silvestres são crimes punidos através da Lei 9.605/98.

1 5
4 3

 

20200131_130635

Reunião no ICMBio-CR9 em comemoração ao Dia Nacional das RPPN

No dia 31 de janeiro de 2020, Dia Nacional das RPPN, a RPPN Catarinense participou a convite  do ICMBio, de uma reunião na sede da Coordenação Regional em Florianópolis,  para discutir questões importantes relacionadas às Reservas Particulares no estado de Santa Catarina. Continue lendo

RPPN Emílio Battistella

31 de Janeiro – Dia Nacional das RPPN

RPPN Florescer20150516_102827 Cachoeiracharão IMG_9792RPPN Leão da Montanha
RPPN Serra do Lucindo 6DSCN1354 RPPN Morro dos Zimbros 1 cattleya leopoldiiRPPN Emílio Battistella RPPN Papagaios de Altitude - PumaIMG_864022S (2)

Hoje comemoramos o Dia Nacional das RPPN, e para isso deixamos aqui um pouco de nossas paisagens, florestas, cachoeiras, flora e fauna.

A RPPN Catarinense parabeniza à todos os proprietários de Reservas Particulares do Patrimônio Natural por essa data tão especial. 

A biodiversidade de nossas reservas enche os olhos e impressiona qualquer um. As RPPN de Santa Catarina além de lindas e exuberantes, são exemplos de preservação ambiental.

1jpeg

Seminário Restauração Ecológica em Santa Catarina

A RPPN Catarinense participou nesta terça-feira (17/09), do Seminário Restauração Ecológica em Santa Catarina, realizado pelo Ibama, em parceria com o Instituto de Meio Ambiente (IMA) de Santa Catarina, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) realiza no dia 17 de setembro, em Florianópolis, o Seminário “Restauração Ecológica em Santa Catarina: como participar de Chamamento do Ibama?”.

O evento apresentou informações detalhadas e promoveu debates sobre o Chamamento Ibama n° 02/2018, que receberá até 16 de novembro deste ano propostas de projetos para a prestação de serviços ambientais relacionados à restauração ecológica de áreas degradadas em diversas localidades de Santa Catarina.

O Chamamento tem ainda o apoio do Projeto Mata Atlântica, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), no âmbito da Cooperação Brasil-Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável, e da Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ).

Mais informações sobre o Chamamento Ibama n° 02/2018: https://www.ibama.gov.br/conversao-multas-ambientais#chamamento-publico-2

Fonte: IBAMA.GOV.BR 2jpeg IsaacjpegAdemir Reis

IMG-20190812-WA0023[1]

Assembleia Geral e Eleição na RPPNE Complexo Serra da Farofa

A RPPN Catarinense realizou sua Assembleia Geral e Eleição para a gestão 2019/2021, nesta sexta-feira, 09 de agosto de 2019, no Centro de Interpretação da Natureza, da RPPNE Complexo Serra da Farofa, de propriedade da Klabin S/A , localizada no município de Painel/SC. Continue lendo

índice

Reunião Ordinária de Diretoria da RPPN Catarinense

A RPPN Catarinense realizou no sábado dia 01 de dezembro a Reunião Ordinária de Diretoria, na RPPN Normando Tedesco em Balneário Camboriú/SC. Diversos assuntos estiveram na Pauta, com destaque para os resultados do V Congresso Brasileiro de RPPNs, a publicação do Guia das RPPNs de Santa Catarina, a conquista do 25º Prêmio Expressão de Ecologia com o projeto do Guia de Educação Ambiental “Como as RPPN protegem os rios e a biodiversidade”; e a participação em novos Conselhos de UC’s. Um ano de importantes realizações, 2018 entra para a história da RPPN Catarinense.

Durante a reunião, a RPPN Normando Tedesco fez uma apresentação mostrando através de fotos a degradação ambiental do Morro da Aguada onde se localiza a RPPN, antes da implantação do projeto do Parque Unipraias e como hoje a floresta está regenerada, preservada e exuberante. Apresentou também o Projeto Parque Escola de educação ambiental, que recebe anualmente milhares de estudantes de toda região. No projeto, além do passeio de bondinho oferecido gratuitamente, as escolas visitantes também assistem a palestras e realizam trilha interpretativa na estação Mata Atlântica do Parque, tudo com monitores especializados.

Após a reunião a RPPN Normando Tedesco, representada por Juari de Jesus, ofereceu um almoço de confraternização e um passeio no Parque Unipraias à todos os presentes.

IMG_20181201_125004452-1 IMG_20181201_143943929
IMG_20181201_131916410 unipraias
Imagem2

Pesquisa sobre gestão e representatividade ecológica das RPPNs catarinenses

Você sabia que Santa Catarina é o estado que possui a maior proporção de território protegido por Reservas Particulares dentre todos estados do Brasil? Pois esta e outras novidades sobre as RPPNs de Santa Catarina você pode encontrar na dissertação de Isaac Simão Neto, Analista Ambiental do ICMBio, biólogo e mestre em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental pela UDESC. Concluída em 2017, esta pesquisa abordou a gestão e a representatividade ecológica das RPPNs catarinenses no contexto da Mata Atlântica do estado. Parte dos resultados já foi apresentada no V Congresso Brasileiro de RPPNs e no IX Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação, eventos que ocorreram este ano em Florianópolis.

Tendo visitado todas as RPPNs criadas até junho de 2017, entrevistado seus proprietários e gestores e trabalhado com análise de imagens de satélite, Isaac concluiu que as RPPNs catarinenses são muito importantes para o sistema estadual de Unidades de Conservação, uma vez que protegem certos tipos de vegetação que ainda não são abrangidos por nenhuma Unidade de Conservação pública do estado. Dos 24 tipos de vegetação descritos para o estado de Santa Catarina (pesquisa publicada em 1978, feita pelo renomado botânico Roberto Miguel Klein), dezessete deles são protegidos pelas RPPNs, sendo que quatro exclusivamente por tais UCs. À título de comparação, as UCs de Proteção Integral do estado protegem quinze tipos de vegetação, enquanto as UCs de Uso Sustentável protegem sete.

Além disso, o trabalho mostrou que apesar das motivações para a criação das RPPNs serem muito diversas, a maioria teve esta iniciativa por um anseio meramente conservacionista. Além disso, a pesquisa mostrou que administrar uma Reserva Particular impõe aos seus proprietários grandes desafios, tais como o desconhecimento geral da população sobre tais áreas, a escassez de recursos financeiros para investimento e a deficiência de apoio técnico proveniente dos órgãos públicos responsáveis por tal. Isto faz com que todo o potencial que estas Unidades de Conservação possuem para ir além da proteção, não seja plenamente atingido.

Por fim, conclui-se que maior apoio técnico para a gestão das RPPNs por parte dos órgãos públicos, maior engajamento e participação dos proprietários e gestores em associações que os representem e a implementação de mecanismos financeiros de compensação aos seus proprietários, tais como Pagamentos por Serviços Ambientais e ICMS Ecológico, são de fundamental importância para o futuro das RPPNs.

Para quem quiser conhecer o trabalho sobre a motivação dos proprietários para criação das RPPNs acesse:

https://www.researchgate.net/publication/324896768_Motivations_of_landowners_to_create_Federal_Private_Natural_Heritage_Reserves_in_the_state_of_Santa_Catarina_Brazil

Já para quem quiser conhecer a dissertação completa acesse:

https://www.researchgate.net/publication/327651446_ANALISE_DA_EFETIVIDADE_DAS_RESERVAS_PARTICULARES_DO_PATRIMONIO_NATURAL_RPPNS_DE_AMBITO_FEDERAL_EM_SANTA_CATARINA_-_MANAGEMENT_EFFECTIVENESS_EVALUATION_IN_PRIVATELY_PROTECTED_AREAS_IN_SANTA_CATARINA_BR

Imagem2                                 Áreas Prioritárias para conservação da biodiversidade (MMA)

Isaac Simão Neto 2018-11-30 at 14.02.37                                                                   Isaac Simão Neto